• Rodrigo Pinheiro

BRDE abre linha de financiamento para cinemas que apoiarem a acessibilidade

Atualizado: 14 de jul.



O BRDE (Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul) está oferecendo linhas de financiamento para empresas do setor audiovisual, interessadas em oferecer acessibilidade as pessoas com deficiência.


Através do FSA (Fundo Setorial do Audiovisual), os donos de cinema e salas de projeção de audiovisual terão acesso à Linha de Financiamento em Novas Tecnologias, Inovação e Acessibilidade 2021 cujo objetivo é financiar investimentos de empresas brasileiras da cadeia produtiva do audiovisual, interessadas na implementação de soluções de inovação, acessibilidade e/ou desenvolvimento ou aquisição de ferramentas de atualização tecnológica.


Recursos tecnológicos de acessibilidade para cinemas já estão disponíveis no mercado, inclusive sistemas genuinamente brasileiros que garantem um entendimento satisfatório dos filmes.


De acordo com o IBGE, estima-se que existam no Brasil cerca de 17 milhões de pessoas com deficiência visual e auditiva. Essas limitações não as impossibilitam de frequentarem as sessões de cinema.


Enquanto houver recursos disponíveis as inscrições estarão abertas e poderão ser encerradas sem aviso prévio.


Modalidade de apoio ao setor do Audiovisual aprovada pelo Comitê Gestor do FSA, em sua 61ª Reunião realizada em 29/11/2021.


São elegíveis empresas do setor audiovisual com experiência mínima de 2 (dois) anos de atividade. As empresas exibidoras deverão comprovar operação de, no mínimo, 2 (duas) salas de exibição. Será permitida a proposição de projetos por empresas âncoras, sob a condição da apresentação da relação dos destinatários finais das soluções de inovação, acessibilidade ou atualização tecnológica por elas ofertadas.


Entre os itens financiáveis pela linha estão investimentos necessários para a implementação de soluções de acessibilidade, bem como itens dos projetos de implantação, modernização e expansão de ativos que representem desenvolvimento e atualização tecnológica no contexto do mercado audiovisual brasileiro, incluindo a aquisição de equipamentos importados e a contratação de serviços.


O prazo de quitação do financiamento é de até 10 (dez) anos, com carência de 6 (seis) até 24 (vinte e quatro) meses.


Mais informações sobre o crédito estão disponíveis neste link:

https://www.brde.com.br/linhas-financiamento/










34 visualizações0 comentário