• Rodrigo Pinheiro

Os cinemas possuem um forte aliado no quesito acessibilidade

Atualizado: 15 de ago.


Imagine um mundo totalmente acessível. Onde as deficiências deixam de ser obstáculos para que pessoas frequentem qualquer ambiente. Isso já é possível em algumas salas de exibição da Sétima Arte.


Trazer pessoas com deficiência visual ou auditiva para as salas de cinema é algo que a indústria brasileira vem sendo pioneira. O projeto que começou dois anos antes da Pandemia da Covid-19, volta a ganhar espaço nas salas de cinema em todo país. Posicionando o Brasil na vanguarda da acessibilidade.


A solução veio com a indústria Riole através do ProAccess


Seguindo todas as regras padrões da DCI, o sistema já está acessível em redes importantes como o Espaço Itaú de Cinema, AFA, Playarte Bristol entre outras...

Com o ProAccess as pessoas com deficiência visual e auditiva podem assistir qualquer sessão de cinema e espetáculos teatrais.

Sentidos que se fortalecem...


Algo que as pesquisas cientificas têm reforçado nos últimos anos, é que os nossos cérebros fazem novas conexões quando perdemos um sentido.


"Costuma-se dizer que a perda de um sentido melhora outros".


De fato, quando deixamos de enxergar ou ouvir, os nossos sentidos remanescentes, incluindo

as funções cognitivas da memória e suas linguagens, são potencializados. Isso nos proporciona ganhos incríveis, capazes de promover novas habilidades que irão nos auxiliar no processo de adaptação.


Como funciona o ProAccess?


O sistema ProAccess utiliza exatamente o potencial de nossos outros sentidos para nos proporcionar a emoção das salas de Cinema.


O resultado é uma experiência única e inteligível. Com o kit ProAccess, os usuários recebem todas as informações do obra cinematográfica em libras, áudio descrição, legendas descritivas e áudio assistência. Recursos que fortalecem o entendimento do filme.


Os Equipamentos


Os frequentadores com deficiência visual recebem um fone de ouvido e um aparelho receptor para regular o volume. O equipamento narra as falas, expressões e cenários do filme em tempo real.


Os pessoas com deficiência auditiva recebem a tela de screen portátil que é acoplada no porta copo da poltrona. Nesse display, uma pessoa estará narrando o filme em libras, além de trazer as legendas descritivas simultaneamente.

Libras, Áudio Descrição, Áudio Assistência e Legendas Descritivas


Em setembro de 2016, foi expedida pela Ancine - Agência Nacional de Cinema, a Instrução Normativa nº 128, que instituiu a obrigatoriedade de provimento de recursos de acessibilidade (libras, áudio descrição, áudio assistência e legendas descritivas) nos segmentos de distribuição e exibição cinematográfica para espectadores com deficiência visual e auditiva.


Estatuto da Pessoa com Deficiência


No dia 26 maior de 2021, a Câmara dos Deputados aprovou uma medida provisória (MP) que prorroga até 1º de janeiro de 2023 o prazo para todas as salas de cinema do país oferecerem recursos de acessibilidade a pessoas com deficiência visual e auditiva.


O prazo limite para essa adaptação já havia sido prorrogado no início a pandemia de covid-19, quando o prazo original para cumprimento desses requisitos era janeiro de 2020. A obrigatoriedade consta na Lei 3.146/2015, do Estatuto da Pessoa com Deficiência.



O ProAccess já está disponível em alguns cinemas. Para utiliza-lo é necessário solicitar o serviço no momento da compra do ingresso, na bilheteria de um cinema credenciado.

1.428 visualizações0 comentário