• Rodrigo Pinheiro

TRT-8 realiza sua primeira sessão com libras

Atualizado: 11 de ago.


Foto - Assessoria de Comunicação (ASCOM) TRT8

Tribunal Regional do Trabalho da Oitava Região (TRT-8) realiza sua primeira sessão com intérprete de Libras


Na data de ontem dia 01 de agosto de 2022, a sessão do pleno do TRT-8 foi marcada pela presença e participação das tradutoras e intérpretes de Libras (Língua Brasileira de Sinais) Zila Marques e Geny Ferreira. Foi a primeira sessão com acessibilidade para pessoas com deficiência auditiva que traduziam as falas dos 13 desembargadores do Tribunal Regional do Trabalho da Oitava Região e do representante do Ministério Público do Trabalho.


A sessão teve início com a presidente desembargadora Graziela Leite Colares informando aos membros do Pleno a inclusão de Libras durante a sessão. " Nós temos a necessidade da inclusão das pessoas com deficiência, esse é um gesto no sentido correto de incluir essas pessoas que também são usuárias do serviço de justiça", pontuou o desembargador Francisco Sérgio Rocha, que coordena o Grupo de Trabalho da Diversidade do TRT-8, após parabenizar a iniciativa.


"A barreira comunicacional é uma das mais difíceis de serem vencidas, e hoje nós temos um marco muito importante de acessibilidade comunicacional que garante o acesso à informação, acesso à justiça, as pessoas com deficiência, em especial as pessoas surdas. Isso é um marco importante que precisa ser estendido para as demais sessões, demais eventos, para todas as manifestações públicas do Tribunal", comemorou a servidora Luiza Leão, chefe da Seamb e integrante das Comissões Permanente de Acessibilidade e Inclusão e Sustentabilidade do TRT-8.


Geny Ferreira que atua há 15 anos como tradutora e intérprete de Libras, participou pela primeira vez de uma sessão na Justiça do Trabalho. “O trabalho em Libras sempre é um desafio, que requer pesquisa constantes, estudos e muito aprendizado”, ressalta Geny.


Zila Marques começou a trabalhar com tradução e interpretação de Libras em 2020 é uma das desbravadoras dessa nova fase do TRT-8 está bastante confiante nos resultados do novo desafio. "E estamos iniciando hoje a sessão do Pleno traduzida em Libras, e é um grande desafio. Esperamos que esse processo continue e esperamos que cada vez mais a comunidade surda tenha mais acesso a esses locais tão importantes socialmente".

5 visualizações0 comentário